Descubra o que é o obesogen e como ele impede o emagrecimento

Descubra o que é o obesogen e como ele impede o emagrecimento
Presente em vários alimentos, o obesogen impede o emagrecimento e provoca obesidade. Aprenda a se livrar dessa toxina e emagreça 2 kg em uma semana

Publicado em 01/03/2011

Lígia Menezes
Conteúdo do site ANAMARIA

Bolos e geleias são alguns dos alimentos que contêm obesogen
Foto: Dreamstime

Sabe quem não deixa você emagrecer? O obesogen. Encontrado em alimentos comuns como pão, leite e vegetais, esse componente químico desregula os hormônios, diminui a queima de calorias e faz engordar.

A afirmação é de Oz Mehmet, o Dr. Oz, um dos mais respeitados médicos americanos, diretor do Instituto Cardiovascular de Medicina Complementar, nos Estados Unidos. “O obesogen atrapalha o sistema que controla nosso peso, diminuindo a queima de calorias e deixando a gente com fome mais rápido”, explica Dr. Oz.

O pior de tudo é que consumimos essa toxina sem nem perceber, afinal, ela também está presente nos pesticidas usados na agricultura. “Toxinas confundem a ação dos hormônios, afetando nossa saúde”, alerta a nutricionista Elaine de Pádua, de São Paulo. Saiba como livrar sua alimentação dessa praga e ainda emagrecer até 2 quilos em 7 dias!
O que é obesogen?

Trata-se de uma toxina que a ciência acaba de descobrir e pode ser encontrada em uma porção de alimentos. As maiores fontes são os alimentos de origem animal, comidas industrializadas que contêm xarope de milho e água não filtrada.
Como ele age?

Ele desregula os hormônios, faz o corpo digerir a comida mais rápido – e a gente sentir fome mais cedo – e torna o fígado resistente à insulina. Agora vem o problemão: adivinha só que substância o corpo usa para queimar gordura? Justamente a insulina…

O refrigerante está na lista dos alimentos que possuem obesogen
Foto: Getty Images
Como fugir do obesogen

1. Evite alimentos com xarope de milho

Por ser barato, o xarope de milho virou substituto do açúcar usado na maioria dos alimentos industrializados. Ele está presente em pães, bolos, geleias, iogurtes, bolachas, refrigerantes, refeições congeladas e molhos de tomate.

2. Coma menos produtos de origem animal

O obesogen contamina a carne e o leite. Por isso, carnes, frios e queijos podem conter a substância. “Não precisa parar de comer esses alimentos, apenas reduza a quantidade, principalmente de carne”, sugere a nutricionista Luana Stoduto.

3. Prefira usar as marcas mais conhecidas

Calma, não precisa sair cortando da lista do supermercado tudo o que vem em latinha ou tem origem animal! Marcas conhecidas e grandes supermercados garantem a qualidade e o baixo índice de agrotóxicos dos alimentos que vendem.

4. Beba água filtrada

O obesogen também pode contaminar a água que bebemos. Mas isso é fácil de resolver: basta filtrá-la. O carvão ativado que vem dentro dos filtros de água é capaz de livrar nosso corpo dessa toxina. Troque-o a cada seis meses.

5. Lave bem frutas, verduras e legumes

Deixe esses alimentos 15 minutos de molho em uma mistura de 1 litro de água com 1 col. (sopa) de bicarbonato de sódio ou 1 col. (sopa) de vinagre branco. Passado o tempo de molho, sacuda bem o alimento e não enxágue! Se a fruta ou legume tiver casca, você também pode esfregá-la com uma esponjinha limpa umedecida nessa mesma solução. Essa é a forma mais barata de se livrar do obesogen. Se puder, consuma alimentos orgânicos, que não contêm agrotóxicos.

Sugestão de cardápio antiobesogen

Café da manhã
· 1 xícara de café ou 1 xícara de chá com adoçante
· 1 torrada com 1 fatia de queijo branco
· 1 maçã ou ½ mamão ou 1 pera

Lanche
· 1 copo de suco de maracujá com adoçante

Almoço
· Salada de agrião com 1 cenoura ralada
· 1 filé médio de peito de frango assado
· 3 col. (sopa) de arroz branco ou 2 col. de arroz integral
· 2 col. (sopa) de couve-flor no vapor
· 1 pera

Lanche
· 1 banana ou 1 cacho de uva ou ½ goiaba

Jantar
· Salada de alface com 1 pepino em rodelas
· 2 almôndegas médias ao sugo
· 2 col. de milho cozido
· 2 col. (sopa) de arroz integral
· 1 porção de salada de fruta

Ceia
· 1 fatia média de queijo branco
Atenção!

Siga por no máximo sete dias, pare por mais sete e só então volte à dieta. Gestantes, diabéticas e mulheres amamentando não devem seguir essa dieta!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: