GORDURA LOCALIZADA

A gordura localizada é um problema hereditário e pode se agravar com a má alimentação, distúrbios hormonais e sedentarismo. ‘São células de gordura difíceis de serem destruídas e que podem se acumular no culote, coxas e barriga’, aponta a endocrinologista Eliane Pupin, diretora da Sociedade Brasileira de Medicina Estética/RJ. Nesses casos, a dupla ‘exercícios e dieta’ é mais eficiente, mas há tratamentos que ajudam a dissolver a gordura persistente.

EXERCÍCIOS

A gordura, localizada ou não, é um prato cheio para a atividade física. ‘Ela é solicitada como fonte de energia pelo organismo quando há uma rotina de exercícios constante e de longa duração’, diz Rita de Cássia Franco de Souza Antunes, professora de educação física da Faculdade de Ciências da Unesp. Os exercícios aeróbios são os mais indicados para combater as gordurinhas extras. É um engano pensar que a ginástica localizada elimina gordura localizada. Esse exercício fortalece os músculos e a atividade aeróbia queima a gordura em excesso. São atividades complementares, que devem ser praticadas em dias alternados, para se obter bons resultados.

ALIMENTAÇÃO

Seguir uma dieta saudável é fundamental, mas sozinha não elimina a gordura localizada. ‘A dieta para emagrecer faz perder um pouco de tudo, inclusive músculos, e não só gordura’, explica Gláucia Figueiredo Braggion, nutricionista do Celafiscs (Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul). É preciso fazer um balanço entre diminuição de alimentos gordurosos e calóricos, como molhos e frituras, e a prática constante de atividades físicas para que haja redução da gordura localizada sem perda de massa muscular. Outra dica importante é fracionar as refeições. ‘Se a pessoa ingere 2 mil calorias por dia, por exemplo, o ideal é dividi-las em seis pequenas refeições’, diz. Assim, o organismo aproveita todas as calorias e estas não ficam acumuladas em forma de gordura extra.

BONS PRODUTOS

Os cremes estimulam a queima de gordura local, funcionando como um complemento aos outros tratamentos. Tente: Gel Redutor, da Bio-Médicin, com extratos vegetais de centelha asiática, hera e algas marinhas, R$ 75; Cooling Sliming Gel, da Linéance, com gingko biloba, cafeína, chá verde, vitamina C e mentol que resfria a pele enquanto estimula a microcirculação e favorece a eliminação dos lipídios, R$ 100; Phytocomplex Gel Redutor Termo Ativo, da Phytoervas, tem efeito térmico que estimula a microcirculação e a dissolução de gorduras, descongestionando os tecidos, R$ 14.

TRATAMENTOS DE CHOQUE

LIPOSTABIL
O que é: tratamento à base de injeções de fosfatidilcolina, que rompe as células gordurosas. Usado na barriga, coxa e bumbum. Atenção: podem aparecer hematomas, coceira, inflamações, alergias. ‘Embora o tratamento venha dando bons resultados, ainda existem poucos estudos desta droga para fins estéticos’, alerta o dermatologista Valcinir Bedin, presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Estética/SP. Número de sessões: de 1 a 8, semanais, 15 minutos cada. Contra-indicação: grávidas e pessoas alérgicas à substância. Preço médio por sessão: R$ 100 a R$ 380.

SKINTONIC
O que é: tratamento com aparelho que faz movimentos de sucção e massagem sobre a pele, melhorando a circulação e reduzindo nódulos de gordura. Diminui também celulite e flacidez. Atenção: é mais eficiente se associado à mesoterapia (tratamento com injeções de medicamentos), atividades físicas e boa alimentação. Quem tem tendência à fragilidade capilar deve evitar o método -a pressão pode danificar vasinhos na perna. Número de sessões: 10, no mínimo, 30 minutos em média. Contra-indicações: grávidas, pessoas com infecções agudas e casos de neoplasia (câncer) não devem fazer o tratamento. Preço médio por sessão: R$ 75 a R$ 100.

HIDROLIPOCLASIA
O que é: tratamento indicado para reduzir o culote, à base de injeção de soro fisiológico associado ao ultra-som. Atenção: o local fica dolorido. É um tratamento coadjuvante e para melhores resultados deve ser associado a outro. Número de sessões: de 6 a 8, semanais, 40 minutos em média Contra-indicação: grávidas. Preço médio por sessão: R$ 100 a R$ 150.

LIPOTRIPSIA ULTRA-SÔNICA
O que é: cirurgia de lipoaspiração em que a gordura é retirada com uma cânula ou haste muito fina com um pequeno dispositivo de ultra-som na ponta. Exige internação hospitalar e anestesia geral, peridural ou local, dependendo do caso. Atenção: podem ocorrer hematomas e pequenas irregularidades na superfície da pele na região tratada. A cirurgia só pode ser feita por médico habilitado na técnica. Contra-indicações: pacientes com alterações de coagulação, doenças imunológicas, doenças auto-imunes e quem usa cortisona. Preço médio: R$ 3 mil a R$ 10 mil.

2 Respostas to “GORDURA LOCALIZADA”

  1. dhemelle Says:

    gotei desse site ele tem todas as informaçoes necessaria para uma pessoa !!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: